Conworld
Advertisement

Domingo Espetacular é uma revista eletrônica dominical brasileira produzida e exibida pela RecordTV desde 18 de abril de 2004. Atualmente é apresentada por Carolina Ferraz e Sérgio Aguiar.

História[]

Segundo a emissora na edição 1000 do Domingo Espetacular, diz que ela tentava se posicionar no jornalismo aos domingos, além de claramente ser uma tentativa de enfrentar a forte concorrência, com isso o jornalista Celso Freitas foi convidado para gravar um piloto do até então "Domingo Record", num cenário que na época não estava sendo utilizado pela emissora, o piloto foi aprovado, porém o nome foi alterado e foi acrescentado outros apresentadores ao programa, estreiando em 18 de abril de 2004, com a apresentação de Celso Freitas, Lorena Calábria e Otaviano Costa, com reportagens especiais de Amália Rocha, Marcos Hummel, Tina Roma e Maria Cândida, direção de Carlos Amorim e narração de Hummel. Nill Marcondes e Amália Rocha chegaram a gravar o programa piloto, porém não foram efetivados no quadro de apresentadores. Seguindo a mesma temática de outras revistas eletrônicas exibidas no horário, exibe desde o início reportagens investigativas, matérias sobre curiosidades, animais, celebridades, vídeos da internet e alimentos, além de apresentar as notícias do domingo e da semana no Brasil e no mundo. Por muitos anos, também exibiu matérias do 60 Minutes da CBS, reportagens feitas por emissoras estrangeiras e entrevistas exclusivas.

Otaviano deixou o Domingo Espetacular ainda em 2004. Em dezembro de 2005, Celso Freitas deixou o programa para assumir o Jornal da Record, sendo substituído por Paulo Henrique Amorim e Janine Borba. Amália Rocha deixou a atração em 2006, enquanto Lorena Calábria saiu em dezembro de 2007, após ser contratada pelo GNT, sendo a última da fomação original do Domingo Espetacular a sair do programa. Fabiana Scaranzi estreou como sua substituta apenas em 15 de junho de 2008. Entre maio e julho de 2009, Janine Borba afastou-se do programa temporariamente para ocupar a bancada do Jornal da Record até a estreia de Ana Paula Padrão. No ano seguinte, o Domingo Espetacular passou a ser exibido em alta definição.

Entre 2 de dezembro de 2012 e 17 de março de 2013, Adriana Araújo integrou a apresentação do programa após retornar do exterior, onde era correspondente. Ela foi transferida para o Jornal da Record depois que Ana Paula Padrão deixou o telejornal. Entre maio e julho de 2013, Carla Cecato substituiu Janine temporariamente durante sua licença-maternidade – a apresentadora havia sido liberada pela emissora até o fim do ano, porém pediu para retornar antes por não querer se afastar da vida profissional.

O contrato de Fabiana Scaranzi venceu em 1.º de junho de 2014 e não foi renovado. Thalita Oliveira, então apresentadora do bloco de esportes do Fala Brasil, a substituiu. Em julho de 2016, Patricia Costa passou a apresentar o programa, substituindo Janine Borba, que foi para o Jornal da Record cobrir as férias da titular Adriana Araújo. Em setembro, Patrícia foi efetivada.

Em março de 2019, a Record anunciou Eduardo Ribeiro como novo integrante do programa, que pela primeira vez passou a ter cinco apresentadores. Dois meses depois, Janine Borba deixa o Domingo Espetacular para integrar um outro projeto da emissora, e em junho, a emissora afastou Paulo Henrique Amorim da atração, após 14 anos. O afastamento deu-se por questões políticas, contudo o jornalista não foi demitido da emissora. Pouco mais de duas semanas depois, em 10 de julho (uma quarta-feira), Amorim morreu devido a um infarto. No domingo seguinte, o programa o homenageou, com repercussão negativa nos telespectadores, já que a homenagem não foi feita na abertura (que foi uma matéria sobre aplicativos de entrega de comida) e no encerramento também não foi feita nenhuma citação à morte do jornalista. Em agosto, a emissora ganhou o reforço de Mariana Weickert nas reportagens, e no mês seguinte, Débora Vilalba voltou à emissora como repórter especial. Em março de 2020, o humorista Carioca se torna repórter.

Em 19 de junho, Carolina Ferraz foi contratada para apresentar o programa junto com Eduardo Ribeiro, já que Thalita Oliveira retornaria para o Fala Brasil aos sábados e Patrícia Costa iria apresentar a edição da 0h30 do Jornal da Record 24h. Em 25 de novembro, Roberto Cabrini estreia no programa, apresentando reportagens especiais.

Em 30 de agosto de 2022 é anunciada uma troca de bancadas da emissora: Eduardo Ribeiro, que desejava voltar ao hard news, é transferido para o Fala Brasil e Sérgio Aguiar, que fazia parte do jornal, passa a comandar o Domingo Espetacular com Carolina.

Apresentadores[]

Atuais
  • Carolina Ferraz (2020–presente)
  • Sérgio Aguiar (2022–presente)
Antigos
  • Otaviano Costa (2004)
  • Celso Freitas (2004–2005)
  • Lorena Calábria (2004–2007)
  • Janine Borba (2006–2019)
  • Paulo Henrique Amorim (2006–2019)
  • Fabiana Scaranzi (2008–2014)
  • Adriana Araújo (2012–2013)
  • Patrícia Costa (2016–2020)
  • Thalita Oliveira (2014–2020)
  • Eduardo Ribeiro (2019–2022)

Prêmios e reportagens notáveis[]

O programa já ganhou o prêmio Esso, o Prêmio Embratel de Jornalismo e o Prêmio Tim Lopes de Jornalismo Investigativo, entre outros. A reportagem "Especial 40 anos - Transamazônica, a Estrada sem Fim" ganhou o Prêmio Embratel 2011. A mesma matéria já havia conquistado, dias antes, o Prêmio Esso de Telejornalismo 2011. O trabalho foi produzido pela equipe formada pelos jornalistas Gustavo Costa, André Tal, Cátia Mazin e Rodrigo Bettio. A equipe percorreu cinco mil quilômetros em 28 dias, em plena floresta Amazônica, para produzir a reportagem. O especial aborda o início da construção da estrada Transamazônica na década de 1970, durante a ditadura militar. Entre algumas das coberturas marcantes do programa, estão a descoberta de Suzane von Richthofen em Ubatuba - SP, em fevereiro de 2006; o repórter Raul Dias Filho e o câmera Ricardo Bonifácio foram os primeiros jornalistas a chegar ao local da queda do Boeing da Gol, em setembro de 2006; uma reportagem investigativa, exibida em dezembro de 2006 sobre os mistérios sobre a Rede Globo: supostas contas em paraísos fiscais e farsa nas eleições deste mesmo ano. A reportagem de maior audiência e uma das de maior repercussão foi uma homenagem ao empresário e apresentador Silvio Santos, que concorre em audiência com o próprio Domingo Espetacular. Em 5 de dezembro de 2010, o programa mostrou no quadro A Grande Reportagem como o dono do SBT saiu da pobreza e construiu um império empresarial, tonando-se um dos maiores ícones da história da televisão brasileira. O tributo foi ao ar porque Silvio Santos completara oitenta anos, sete dias depois, e também devido à crise então vivida pelo Grupo Silvio Santos, desencadeada por uma fraude bilionária no Banco PanAmericano. O Domingo Espetacular foi o primeiro programa de TV a entrevistar Bruno Fernandes, o goleiro Bruno, depois de ser condenado a 22 anos de prisão por participação no sequestro e assassinato de Eliza Samudio, modelo com quem se envolveu e teve um filho.

Advertisement